Lettering

Meu primeiro contato com Lettering que ficou marcado na minha memória, foi quando eu estudava o 1º ano do ensino médio, em 2000.

Uma amiga que estudava comigo começou a escrever com giz o nome dela no quadro negro. Não era o Lettering clássico que conhecemos, mas ficou muito bem feito e bonito.

Ela escreveu Cristina com letras arredondadas sobrepostas uma a uma. Eu fiquei encantado com o que ela tinha feito, mas não demonstrei meu interesse por aquele tipo de arte naquele momento.

Porém, mal cheguei em casa e já comecei a rabiscar alguns letterings no caderno a fim de replicar o que eu tinha visto.

Como eu sempre gostei de desenhar, encarei aquilo como um tipo de desenho, mal sabia eu que essa técnica tinha nome: Lettering.